INTERFACE ENTRE QUADROS DE RELEVO CUESTIFORMES E REGISTROS ARQUEOLÓGICOS LÍTICOS: cercanias de Araraquara, Nordeste Paulista, São Paulo, Brasil

Pedro Michelutti Cheliz


PDF

Resumo 
Dentro das rediscussões dos modelos de povoamento do sul-sudeste brasileiro, realizou-se interface entre quadros geomórficos e registro arqueológico – enfatizado em sítios líticos – de segmento das escarpas cuestiformes do estado de São Paulo. A área corresponde às imediações da cidade de Araraquara, no nordeste paulista. Foi efetuada compartimentação do relevo local, inventário e descrição de suas características sumárias, bem como levantamento da localização e atributos essenciais dos sítios arqueológicos líticos. Dados foram usados para discutir inserção dos sítios arqueológicos no meio físico-natural. Atenção especial foi dada ao sítio lítico Boa Esperança II, cuja datação a ele atribuída possibilita discutir sua inserção na categoria de sítios pleistocênicos. Inter-relações dos dados inserem-se adequadamente nos conhecimentos da dinâmica geomorfogenética conhecida, e auxiliam a explicar localização do sítio Boa Esperança II. Aceitação desta opção interpretativa pela perspectiva da geografia física e ciências da terra não encontra maiores implicações, porém na ótica arqueológica colaboraria para rediscussões sobre antiguidade da ocupação humana no estado de São Paulo e sul-sudeste do Brasil. Evidencia-se necessidade de aprofundamento de discussões e estudos interdisciplinares para adensar perspectivas de análise dos conhecimentos da ocupação humana local, e sua interação com cenários pretéritos da antiguidade do povoamento.
Palavras-chave: Sítios Líticos; Caçadores e Coletores; Cuestas; Escarpas de Circudesnudação; Compartimentação de Relevo. 

Abstract
Within the context of the discussions of the Brazilian south-southeast settlement models, held interface between geomorphic and archaeological record - emphasized in lithic sites – on segment of central cliffs of the São Paulo state. Area in question is the immediate vicinity of the city of Araraquara, in the northeast of the state. Was performed partitioning of the local relief, inventory and summary description of it, as well as survey for location and essential attributes of lithic archaeological sites in the area. Data were used to discuss integration of lithic archaeological sites in the physical environment. Special attention was given to the lithic site Boa Esperança do Sul II, whose dating attributed to him allows inserting it in the category of Pleistocene sites. Interrelationships of the data are inserted properly in the knowledge of the geomorphic´s dynamic models, and help to explain location of the site Boa Esperança do Sul II. Acceptance of the interpretative option in question from the perspective of geoscience has no larger implications, but in archaeological perspective helps discussions about revisions of antiquity of human occupation in the state of São Paulo and south-southeast´s Brazil. It reveals the need for further discussions and interdisciplinary studies to thicken analytical perspectives of knowledge of the local occupation, and its interaction with past tenses scenarios antiquity of human dispersion.
Keywords: Lithic Sites; Hunters and Collectors; Cuestas; Scarps; Geomorphologic Mapping.

CHELIZ, Pedro Michelutti. Interface entre quadros de relevo cuestiformes e registros arqueológicos líticos: cercanias de Araraquara, Nordeste Paulista, São Paulo, Brasil. Meridiano - Revista de Geografía, Buenos Aires: Centro de Estudios Alexander von Humboldt, n. 4, p. 135-160, 2015. Disponible en: <http://www.revistameridiano.org/n4/07/>.

Licencia Creative Commons
Interface entre quadros de relevo cuestiformes e registros arqueológicos líticos: cercanias de Araraquara, Nordeste Paulista, São Paulo, Brasil por CHELIZ, Pedro Michelutti se encuentra bajo una Licencia Creative Commons Atribución-NoComercial-CompartirIgual 3.0 Unported.
Permisos que vayan más allá de lo cubierto por esta licencia pueden encontrarse en http://www.revistameridiano.org/.
Ċ
Meridiano Revista de Geografía,
26 ene. 2016 15:14